O que quer alterar na sua vida?



Quando se pensa que já não é possível sair

Existem momentos em que desejamos alterar o nosso comportamento, o tipo de pensar, a forma de lidar com as outras pessoas, seja a nível intimo ou no trabalho, mas o que acontece é que sabemos o que desejamos, mas nem sempre conseguimos agir para modificar essa realidade que incomoda e que pode gerar grande sofrimento...tentamos uma e outra vez e, voltamos sempre a cometer os mesmos erros...e sentimos que é difícil sair desse registo.

A razão pela qual isso acontece é simples, mudar o nosso comportamento é muito difícil, especialmente sozinhos. É recomendável que se procure um profissional para facilitar esse processo de mudança. Essa ajuda permite-lhe tomar consciência do que precisa para obter essa alteração e evita que a pessoa continue a ter o mesmo tipo de comportamento que origina situações semelhantes.

Em muitos momentos, parece-nos difícil perceber a forma como poderemos fazer frente às nossas dificuldades e, ao mesmo tempo, desejamos sentirmo-nos bem novamente. Essa é uma capacidade que todos nós possuímos, mas que por diversos motivos, nalgum período da nossa vida parece não existir. 

É necessário nessas alturas, trabalhar na sua reposição e para isso, é importante procurar ajuda especializada como forma de minimizar os efeitos sentidos e reencontrar o equilíbrio interior para voltar a ser Feliz. 

Todas as pessoas ao longo da vida, deparam-se com obstáculos. Utilizam os seus recursos internos para tentar superar os seus medos, receios, angústias, conflitos emocionais que os afecta, com maior ou menor intensidade. No entanto, alguns problemas, tornam-se difíceis de ultrapassar e, outros por serem constantes, são extenuantes e, aos poucos acabam por condicionar o dia-a-dia. Implicando muitas vezes, uma desmotivação generalizada, onde a própria vida parece não ter sentido, os objectivos de vida desapareceram e, todos os dias são vivenciados de modo parecido, como se fossem todos iguais.


Todas as pessoas gostavam de se tornar melhores sempre e em qualquer área, mas são poucas que tentam e porquê? Exige mudança e coragem e a maioria das pessoas tem relutância em mudar. Sem alterar hábitos como é possível existir qualquer mudança? Existe tendência para entrar na rotina, mas para existir desenvolvimento pessoal, tem haver mudança e só essa decisão individual é que pode fazer a diferença na vida pessoal.

A diferença entre as pessoas bem ou mal sucedidas não está nas suas capacidades, mas no seu desejo de alcançar todo o seu real potencial, pelo empenho e crescimento pessoal.   

É difícil viver de uma estagnada, sem melhoras, mas sem mudarmos não crescemos. Fazer as coisas de modo diferente assusta as pessoas, isso implica perder a segurança. Evitam a mudança, por temerem que algo as afecte pessoalmente, no entanto e independentemente de quererem ou não a mudança é inevitável, todos temos de lidar com ela, mas o crescimento pessoal é facultativo, podemos escolhê-lo ou evitá-lo. Mas sem desenvolvimento pessoal, não é possível alcançar todo o seu potencial, seja a nível emocional, social ou profissional.

Os problemas, algumas vezes transformam-se num labirinto, onde é quase impossível visualizar uma saída, sem recorrer a ajuda profissional. As queixas mais frequentes que aparecem em consulta, estão relacionadas com dificuldades em lidar com os relacionamentos interpessoais, ansiedade, angústia, medos, problemas de sono, stress e doenças psicossomáticas.

Esse mal-estar tem implicações, nos relacionamentos e muitas vezes, o convívio social é inexistente, contribuindo para aumentar, os sentimentos de solidão e de tristeza e levar à depressão. Nesse momento é importante, recuperar o equilíbrio e se possível procurar um psicoterapeuta, por forma a desenvolver competências mais eficazes para enfrentar os problemas e encontrar equilíbrio interior.

Esse tipo ajuda, permite à pessoa analisar e repensar as suas dificuldades emocionais, permitindo-lhe redescobrir a capacidade para lidar com os problemas e encontrar a melhor forma de os resolver. O trabalho psicoterapêutico ajuda-a a compreender melhor as situações e a ter consciência das suas emoções, por forma a conseguir realizar as mudanças pretendidas.